Empresa Tray Participações compra a TK Ingressos

A Tray Participações S/A anunciou ontem a compra da TK Ingressos. Ambas as empresas começaram no CIEM (Centro Incubador de Empresas de Marília), mantido pelo Univem. Após período incubadas, elas já atuam no mercado há alguns anos. A Tray é empresa associada e fundadora da ASSERTI (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informaçã0).

O diretor da TK Ingressos, Carlos Augusto Germano, fala que a incubadora foi essencial para o fortalecimento da empresa. Durante a expansão, a TK e a Tray vinham mantendo parcerias, o que, segundo o diretor da Tray, Walter Leandro Marques, facilitou a negociação.

A TK Ingressos é especializada na venda de ingresso eletrônico. Para o gestor do CIEM, José Mario Rando, a empresa é destaque na área de tecnologia da informação, já que modernizou a forma de compra e venda de ingressos no país. “A TK resolveu um grande problema dos artistas do Brasil, pois desenvolveu um software que controla a entrada dos shows, inclusive com catracas eletrônicas. Isso além de facilitar, também oferece segurança aos promotores de eventos”, diz.

A Tray começou as atividades em 2004, no mesmo ano que Willians Marques, aluno do Univem, ingressou no curso de administração. No ano seguinte, o estudante levou a empresa para a incubadora. Inicialmente trabalhava apenas com um sistema de gerenciamento de vendas, direcionado a vendedores de sites de leilões. Em pouco tempo, chamou a atenção de centenas de vendedores do site Mercado Livre. Após um ano, começou a desenvolver uma loja virtual integrada a este gerenciador.

Em 2006, Walter Leandro, irmão de Willians, entrou na sociedade e trouxe para a empresa um sistema voltado para a área de pagamentos online, que permite que qualquer loja virtual contrate a tecnologia para processar transações de forma segura.

No ano seguinte, surgiu o Pagamento Digital. “A empresa ganhou destaque nacional com a venda de 85% da Pagamento para o grupo BuscaPé, e em seguida, com a incorporação da BuscaPé pelo grupo sul-africano Naspers, foram vendidos os 15% restantes”, conta Walter.

Segundo o diretor, a Tray é a plataforma de comércio eletrônico mais utilizada do Brasil e oferece suporte para mais de 4.500 lojas eletrônicas. “Suas soluções abrangem a cadeia completa de e-commerce, com ferramentas tecnológicas, publicidade online e meios de pagamentos”, afirma.

 

 

Diretores de empresas são formados no Univem

Tanto o diretor da Tray Participações, Walter Leandro Marques, quanto o diretor da TK Ingressos, Carlos Augusto Germano, que fez a venda da empresa para Marques, são formados no Univem.

O reitor da instituição, Luis Carlos de Macedo Soares, diz que a parceria entre o Sebrae, Prefeitura Municipal e Univem, que mantém o CIEM, oferece oportunidade aos jovens, principalmente estudantes, de ingressarem no mercado de trabalho. “Somos os únicos que oferecemos essa oportunidade aos alunos e isso é realmente um diferencial”, diz. “Este convênio leva o nome de Marília para todo o Brasil”, completa.

Rando ressalta que as estatísticas apontam que o número de empresas que se mantém por conta própria que fecham as portas com menos de um ano é quatro vezes maior que as incubadas. “Apenas 20% das empresas incubadas fecham as portas. Já as que vivem por conta própria, 80% não duram um ano”, relata. “Ou seja, o Centro está aí exatamente para ajudar a crescer e se fortalecer”, diz.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s